quinta-feira, 21 de outubro de 2010

Globo encena farsa de Serra e SBT desmascara a ambos.

Repasse e ajude a desmontar a armação de Serra e Globo!
Globo encena farsa de Serra e SBT desmascara a ambos
Se ainda não assistiu, assista, abaixo, ao trecho do Jornal do SBT que desmascara a farsa encenada por José Serra e pela Globo no Rio, durante suposta “agressão” ao tucano. O vídeo mostra que ele foi atingido por uma bolinha de papel e que só simulou ter sentido o impacto depois de receber uma chamada no celular.
Em seguida, continue lendo.
http://www.youtube.com/watch?v=yUn_sw7oY-s
Assistiu? Bem, então agora esqueça por um momento as suas preferências políticas e olhe para a imagem abaixo. É uma justaposição das imagens de dois cidadãos brasileiros. Dois homens com direitos e deveres iguais. Não só como cidadãos, mas como membros da espécie humana.

Você diria que os dois foram agredidos? Pergunto isso porque são as únicas vítimas que apareceram em quase todas as reportagens de telejornais da noite nas tevês abertas, com exceção da reportagem de um telejornal, o Jornal Nacional, da Globo.
Na reportagem do principal telejornal da maior concessão pública de televisão aberta do Brasil, apenas um dos lados teve a sua versão contada e os seus feridos exibidos, o lado dos tucanos, lado que o leitor pode ver como ficou meramente olhando à direita da imagem acima – e dos fatos.
Já a imagem do lado esquerdo  é do telejornal da Record. Esse telejornal, como os das outras emissoras, mostrou também a outra versão dos fatos, a versão do PT, omitida pela Globo.
E mais: entre outros, o telejornal da tevê Record mostrou que, nessa história toda, se alguém foi realmente agredido esse alguém,  ao menos pelo que foi apresentado ao público, não foi o candidato tucano.
Mas não importa. O que importa é que a Globo, de forma criminosa, ilegal, em afronta à equidade na disputa eleitoral não deu o lado do PT nessa história, sonegando a imagem do militante petista agredido pelos tucanos e que aparece acima com o supercílio dilacerado.
A Globo criou dois tipos de brasileiros: o tipo que recebe toda a deferência possível de uma concessão pública por supostamente ter sido agredido enquanto que outro cidadão agredido de fato, e com os mesmos direitos do primeiro,  simplesmente é deletado do rol de vítimas.
Resta saber se o conjunto da sociedade perceberá este fato e o que fará diante de tal afronta. Seja qual for o resultado desse julgamento, o país o conhecerá em pouco mais de uma semana. E é possível que as novas pesquisas estejam indicando a resposta.

 JORNAL FLIT PARALISANTE

Nenhum comentário:

Postar um comentário