sábado, 27 de novembro de 2010

Vereador de Guarujá em São Paulo é assassinado.

Yara/ Amigos

Estou estarrecida de novo!!! Peço aos Amigos do Guarujá e Voto Consciente, Celina, Rogerio Ruschel nos dar  mais noticias.

A Amarribo lamenta profundamente mais esse ato covarde dos que devem à Justiça e envidará todos os esforços para que o crime seja punido assim como o de Analândia-SP...., o de Mangaratiba-RJ, ... o de Diamantina-MG

Nossa caravana de Analândia precisa de todo respaldo da imprensa. Fabio Oliva, Sergio e eu aguardamos o release para dispararmos para toda a imprensa e colocarmos em todos os sites da rede.

Abs
Lizete
 
De: ycavini
Enviada em: sábado, 27 de novembro de 2010 01:46
Para: a1m@yahoogrupos.com.br
Assunto: A1M Vereador é assassinado no Guarujá


Ele teve participação ativa nas investigações do "Mensalinho do Guarujá", ocasião em que oito vereadores foram filmados recebendo propinas num suposto esquema de corrupção, com dinheiro que teria sido pago pelo então prefeito Farid Madi, para que aprovassem seus projetos no Legislativo, em 2006. Naquela oportunidade, comentava-se até que a morte de três vereadores vinha sendo tramada. Leia mais:

http://guarujaonline.wordpress.com/2010/11/26/vereador-de-guaruja-e-assassinado/
Vereador de Guarujá é assassinado


Todos nós que acompanhavamos a carreira política do professor e vereador do Guarujá, Luís Carlos Romazzini (PT), estamos muito chocados com sua morte, ele foi assassinado na madrugada desta sexta-feira (26), dentro de sua casa, no distrito de Vicente de Carvalho. 


Segundo apuração,Vizinhos teriam ouvido Romazzini abrir o portão por volta das 2h, e na sequência, vários tiros foram disparados.

 O parlamentar foi atingido por seis tiros e chegou morto ao hospital. Amigos relataram que ele vinha recebendo ameaças e que até na madrugada anterior a sua morte sua a casa havia sofrido uma tentativa de arrombamento.
Fato que teria sido registrado pelo vereador, através de um boletim de ocorrência horas antes do crime. Luís Carlos Romazzini,Nascido no Mato Grosso do Sul,tinha 45 anos e estava no segundo mandato. 

O petista era conhecido e admirado por denunciar problemas na administração da cidade do Guarujá. 

Sua atuação como parlamentar foi dedicada às denúncias sobre o mau uso do dinheiro público. O corpo do companheiro foi velado às 11h desta sexta-feira (26/11), na Câmara Municipal do Guarujá, e às 16h, será trasladado para Mato Grosso do Sul.
Romazzini foi um dos responsáveis para que a investigação de uma denúncia veiculada com exclusividade pelo Jornal da Band em setembro de 2006 fosse levada adiante.

Um comentário:

  1. Precisamos cada vez mais divulgar para cada pessoa, de todas as idades, de todas nacionalidades, credos de todas faixas etárias... a Declaração Universal dos Direitos Humanos. Leia matéria sobre o tema em: http://valdecyalves.blogspot.com/2010/12/direitos-humanos-declaracao-universal.html

    ResponderExcluir