terça-feira, 24 de agosto de 2010

Eleições 2010 "Aba do oio"


Bom dia a todos!
             É com graciosa satisfação que agora eu, Prof. Victor Linard, faço parte desta emblemática marca ALERTA ANTONINA. Ao longo destes quase dois anos, o Alerta conquistou com árdua luta, imparcialidade e matérias verídicas o espaço que tem hoje na mídia antoninense. Vejo nas ruas, quando acontece algum “alarido”  que dá origem a um verdadeiro “disse-me-disse”,  o que todos fazem para averiguarem este fato? Alerta Antonina!
         Seguindo a proposta deste blog, começo minha primeira coluna elucidando o ato de votar, o “fazer política”. Política, contrário do que muitos pensam, é o ato de se viver em sociedade,  ato este que nossos representantes deveriam dirigir o seu foco administrativo para o bem coletivo, mas o fazem? Não! E precisam? Também não! Por que eles seriam bons administradores para um povo que gosta de viver na plena individualidade? Por que eles fariam um bom governo se nós já fomos condicionados a viver desta maneira crassa, imoral e suja,  almejando o nosso bem pessoal? Nós somos, no mínimo, mal educados! E eles não precisam ser melhores, pois nós não prestamos! E eles sabem disso, e é por isso que nos comícios, nos anúncios públicos e músicas não mencionam nenhuma proposta, nem uma forma de governo, é só: “Roque, é Roque na cabeça, Roque, Roque na cabeça...” Pra que proposta de governo em músicas, se o povo gosta de forró, cachaça e dinheiro? E vos indago: - eles estão errados? Não! Eles estão certos! O chamam de burros, mas eles são burros?( com tantos carros, dinheiro e excelentes planos de saúde ) Será que esta burrice são próprias dele? Não! Este adjetivo cabe a nós! O que eles são é estrategistas, pois governam para um povo que tem. Um povo que gosta de esculhambação, então eles dão o que de melhor sabem fazer: ESCULHABAÇÃO! E depois quando cessam as eleições, cobramos direitos, mas que direitos? Se o cidadão vendeu o voto e quis só dinheiro? Nós temos o governo que merecemos, então nestas eleições, deixem de pensar feito moeda de câmbio e pesquise seu candidato, veja se o mesmo tem ficha limpa, e se têm propostas viáveis para nosso município, pois têm que ser viáveis, eles não podem prometer aumentar o valor do bolsa família para um salário mínimo, pois a economia  brasileira está defasada, e seria impossível, o país iria a concordata. Analise, pesquise e deixe a opção familiar de lado e vote consciente e por um bem coletivo, o pessoal, consegue-se com luta, estudo e inteligência.



 Faltam menos de 60 dias para as eleições então esteja preparado para pesquisa e se quiser dar uma de espertinho, faça-o! Engane seu candidato, diga que vai votar nele, consiga seu bem e vote consciente (Não votando neste, pois ele o comprou), ele não precisa saber que você não votou nele, saiba mentir como ele sabe, pois a mentira virou sinônimo de “democracia” na nossa pátria!

Nenhum comentário:

Postar um comentário