domingo, 21 de março de 2010

Caxias - Ma, 20 de Março de 2010 O prefeito em exercício do município de Serrano do Maranhão, Vagno Pereira (PSB), o 'Banga', foi detido pel


Caxias - Ma, 20 de Março de 2010

O prefeito em exercício do município de Serrano do Maranhão, Vagno Pereira (PSB), o 'Banga', foi detido pela Polícia Federal (PF), ontem, à tarde, quando sacava na "boca do caixa", numa agência do Banco do Brasil, de Cururupu, a quantia de R$ 10 mil referente ao Fundo Nacional de Saúde (FNS). Ele vinha sendo investigado há seis meses pela PF e pela Controladoria Geral da União (CGU), por malversação dos recursos públicos.

Banga sacava com um cheque avulso no valor de R$ 10 mil reais, recursos do programa Piso de Atenção Básica (PAB), destinado a investimentos de procedimentos e ações de assistência básica. Ele teria sacado do Fundeb de Serrano, conforme investigações, mais de R$ 2 milhões, entre setembro de 2009 e fevereiro de 2010.

De acordo com a PF e a CGU, o prefeito também estava desviando recursos de programas da área de Saúde, do Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (Peti), além de outros.

Cerca de seis homens da PF, descaracterizados, interceptaram Banga enquanto realizava os saques em cheques avulsos, o que é ilegal - recursos dos programas federais só podem ser utilizados com cheques em nome dos fornecedores ou em transferências identificadas.

Além do prefeito, os policiais federais detiveram o irmão dele, Elton Pereira, e outras duas pessoas que acompanhavam o prefeito. Vagno Pereira foi transferido na noite desta sexta-feira para São Luís, mas até o fechamento desta edição não havia dado entrada no prédio da superintendência da Polícia Federal, segundo informações colhidas pelo JP junto aos plantonistas.

O prefeito de Serrano vai responder por desrespeito à Lei de Responsabilidade Fiscal e a normativas de várias outras leis federais.

A operação da prisão de Vagno Pereira foi feita por agentes da Unidade de Combate a Desvios de Verbas Públicas, comandada pelo delegado federal Pedro Meirelles Lopes.

A Polícia Federal e a Controladoria Geral da União (CGU) têm monitorado os saques de dinheiro de programas do Governo Federal realizados na "boca do caixa" por gestores municipais.

Eleito vice-prefeito Vagno Pereira assumiu o cargo de prefeito em decorrência de decisão da juíza de Cururupu, que afastou o titular Leocádio Olímpio Rodrigues (PDT), a pedido do Ministério Público, sob a alegação de irregularidades e suposto desvio de verbas públicas, no valor de 3.831.149,46.

kemiguel@hotmail.com
Postado por A ESPERANÇA E A ULTIMA QUE MORRE às 18:54 19:34

Nenhum comentário:

Postar um comentário